4 motivos para assistir Boku no Hero Academia:

1. História

No universo criado por Kohei Horikoshi, os membros da sociedade desenvolveram poderes e boa parte dos seres humanos possui alguma habilidade, também chamada de Individualidade. Ser um super-herói tornou-se uma profissão, levando jovens a uma busca pela melhor formação escolar para garantir emprego nas melhores agências, para enfim poderem exercer a função que sonham e manter a cidade segura. Em um mundo 80% da população possui algum super poder, o garoto Izuku Midoriya é um dos 20% que não possui. Em um mundo onde todos possuem um dom especial, é certo que o índice de vilões seria tão grande quanto o de heróis. O grande sonho de Midoriya é se tornar um herói como o poderoso e famoso All-Might, seu maior ídolo e inspiração.

Boku No Hero Academia é um anime é muito bem amarrado, seus acontecimentos são previamente pensados, sem enrolação, a história se desenvolve de uma maneira bem fechada e com um cliffhanger na maioria dos episódios, tornando-se impossível não maratonar. Além de envolvente, a narrativa é eletrizante. As lutas (muito bem feitas) e os desafios contribuem para picos de adrenalina na medida certa, fazendo você vibrar e torcer loucamente.

Outro ponto alto da produção é humor. Apesar de bastante divertido, é infelizmente o típico de anime Shonen (direcionado para o público jovem masculino), onde há um personagem pervertido para fazer piadas machistas. Cumprindo essa função aqui, temos o Mineta, considerado um personagem totalmente descartável que não possui nenhuma função narrativa além da citada. Como no Japão essa separação de gênero ainda é muito forte e eles se recusam a acreditar que mulheres consomem mais anime Shonen, eles continuam reproduzindo esse tipo de piada ofensiva. Mas eu garanto que a qualidade do anime não diminui por causa disso e ainda temos muitos outros personagens para apreciar.

2. Não precisa gostar de anime

Se você não está por dentro do mundo dos animes e da cultura japonesa, mas curte o universo Marvel/DC e a boa e velha jornada do herói, eu te garanto que você vai gostar muito desse anime, afinal quem nunca sonhou em ter superpoderes? Esse mundo ficcional é brilhante pelo fato de super-herói agora ser uma profissão pois a população se adaptou e aceitou essa nova realidade na qual 80% das pessoas tem uma certa peculiaridade. Imagina o quão sensacional seria você poder sair do ensino médio e entrar em uma faculdade que forma heróis e te ensina a como construir uma carreira de sucesso, como qualquer outro curso e emprego existente.

3. Izuku Midoriya (Deku)

Deku é um personagem muito interessante. Pelo fato de ter nascido sem uma individualidade, ele conhece suas limitações e é extremamente esforçado em seus treinos, sempre fazendo anotações de heróis que ele tem oportunidade de acompanhar de perto e isso fez dele um ótimo estrategista. Não é apenas sua dedicação que é marcante, mas também sua empatia, sendo capaz de falhar em seu objetivo facilmente porque pareceu mais importante socorrer alguém que precisava de ajuda. Por mais que as pessoas ao seu redor tentem desencorajá-lo por ter um sonho impossível (querer ser herói sem ter poderes), ele nunca desistiu do seu propósito, por mais difícil que fosse. Essa é a principal mensagem da série, juntamente com o valor da amizade que é criado no decorrer do anime.

4. Os personagens

Algo que surpreende em Boku No Hero é a atenção muito bem dividida entre os personagens coadjuvantes, que não são tão coadjuvantes assim, pois todos tem seu momento de destaque e sua devida importância reconhecida.  Além das habilidades únicas e criativas, como por exemplo a Momo que possui a habilidade de criar quase todo tipo de objeto conhecido de qualquer parte do seu corpo. Temos também Shoto, que é dono de uma personalidade bem séria e fria devido a sua criação e ele é capaz de permanecer calmo até lutando com vilões mais experientes e reais. Shoto consegue produzir gelo a partir do seu lado direito e fogo do lado esquerdo.

Outro ponto cativante é que cada um dos personagens têm suas motivações pessoais para seguir a carreira de herói. Assim como Izuku quer ser um herói por conta de se inspirar em All Might  e poder salvar e dar esperança as pessoas. Outros querem utilizar seus dons para diferentes fins, como Uraraka que deseja ganhar dinheiro e dar uma vida confortável aos pais e Bakugo que almeja ser o melhor super-herói de todos se tornando o número um.

É fato: eles vão conquistar seu coração, é bem difícil não se identificar e se apaixonar por pelo menos um.

Comentários

Ana Barbosa

Estudante de Jornalismo, feminista e enaltecedora de mulheres na arte. Viciada em séries, principalmente em Doctor Who, compra mais livros do que consegue ler e não recusa um café. A típica canceriana que chora em todos os filmes que assiste, ou pelo menos quase todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *