4 séries de comédia escondidas na Netflix para maratonar

As séries de comédia tem em torno de 20-30 minutos e por isso são perfeitas para fazer aquela maratona para relaxar no final de semana. Além do mais, é sempre bom dar umas boas risadas, não é mesmo?

Lovesick

Resultado de imagem para lovesick

Essa é provavelmente a série mais famosa da lista, mas ela ainda assim não recebe toda a atenção que merece. Acompanhamos a história de Dylan (Johnny Flynn), que se infectou com clamídia e agora precisa avisar todas as parceiras com quem se relacionou sexualmente para que elas possam fazer um diagnóstico. Ele contará com a ajuda do colega de quarto e melhor amigo Luke (Daniel Ings) e de Evie (Antonia Thomas), sua amiga e paixão secreta. A série foca em uma garota diferente a cada episódio. Trabalhando com flashbacks, ela mostra os altos e baixos da vida amorosa de Dylan.  O seriado vai explorar essa relação complicada de Dylan e Evie e as aventuras do protogonista com Luke, um baita mulherengo.

Se você gosta de uma boa comédia, romance e sotaque britânico, então é a série perfeita para você. Apenas contendo três temporadas, mesmo sem saber ainda o seu futuro, já que não houve pronunciamentos de cancelamento ou renovação.

Amor Ocasional

Elsa (Zita Hanrot) é uma mulher de quase 30 anos cheia de desilusões amorosas. Ao levar um fora do ex-namorado, ela vai para a balada encher a cara junto com as amigas. Em algum momento da noite, Elsa envia mensagens constrangedoras para o ex, e é então que suas melhores amigas, Charlotte e Emilie, percebem o quanto ela se encontra no fundo do poço. Charlotte ao ver a amiga nesse estado decide contratar um michê para conquista-la e ajuda-la a se abrir para novos e futuros relacionamentos. O que ninguém esperava é que Jules (Marc Ruchmann) fosse se apaixonar pela linda moça, deixando de cobrar pelos encontros. A história foca nessa relação improvável, Jules, apesar de um gigolô, é um príncipe encantado. Já Elsa é insegura, carente, muito carismática e de uma personalidade incrível – ver os dois juntos é de aquecer o coraçãozinho. É impossível não se apaixonar pelos personagens e pela história, além de ser inevitável dar boas gargalhadas. Pensa em uma série apaixonante e engraçada. E sabe da melhor? É uma série francesa, se passa em Paris, ou seja, tem cenário melhor para uma comédia romântica bem clichê?

O seriado foi renovada para a segunda temporada, mas sem data de estreia até o momento.

Derry Girls

Os episódios se passam na pequena cidade de Derry, na Irlanda do Norte dos anos 90, e segue a história de cinco adolescentes que estão cursando o ensino médio em uma escola religiosa só para garotas. O grupo é composto por Erin, uma garota controladora; sua prima excêntrica, Orla; Clare, a mais paranoica; Michelle, a rebelde do grupo; e James, primo de Michelle que acabou de chegar da Inglaterra, mas não pode ir para o colégio de garotos por ser inglês e frágil – fato esse que poderia acarretar em bullying. Todos, de algum modo, sempre se mete em encrencas e em situações inusitadas. A todo momento as coisas dão errado para eles e a cidade pequena acaba sempre fofocando sobre. São cinco jovens desajustados e nada populares, na qual estão mais preocupados com seus problemas de adolescente que qualquer outra coisa. Grande parte do seriado se passa na casa de Erin e sua família caricata, com um humor bem ácido e hilário. É ótima para quem está a procura de algo leve e divertido.

Sua segunda temporada já estreou, mas ainda não tem data para chegar na Netflix.

Crashing

Produzida pelo Channel 4 e distribuída pela Netflix mundialmente, a série é criada pela incrível Phoebe Waller Bridge (Killing Eve e Fleabag). A história acompanha seis jovens, de vinte e poucos anos, que vivem como proprietários de um hospital abandonado por aluguel barato. Eles são tipos guardiões do lugar, vão de lugar em lugar abandonado para viver e se estabelecem lá até serem despejados. Além da premissa de ser um grupo de amigos convivendo em um lugar inusitado, temos histórias e problemas paralelos de cada um. Com a chegada de Lulu (Phoebe Waller Bridge) ao local, as coisas começam a sair de controle. Ela veio visitar seu grande amor e amigo de infância, Anthony (Damien Molony), quem tem um relacionamento sério e conturbado com Kate (Louise Ford), na qual não está nada satisfeita com a vinda da amiga do noivo. Com um humor inusitado, os personagens são um tanto quanto problemáticos e com reações bem exageradas. Risadas e bons shipps são o caminho garantido aqui.

Não espere um final conclusivo, pois foi cancelada, mas ainda é um bom entretenimento.

Comentários

Ana Barbosa

Estudante de Jornalismo, feminista e enaltecedora de mulheres na arte. Viciada em séries, principalmente em Doctor Who, compra mais livros do que consegue ler e não recusa um café. A típica canceriana que chora em todos os filmes que assiste, ou pelo menos quase todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *