Sábado de CBLoL: Mudanças no cenário?

Sábado de CBLoL começou interessante. De um lado Keyd Stars, que depois de um desempenho fraco em sua estreia na segunda etapa do torneio vinha com mudanças no mínimo curiosas, Esa, seu jogar ocupante da posição de atirador, vira para posição de suporte, e quem entra no lugar de atirador, é Juzinho, estreando no cblol, como Esa era várias vezes apontado como um dos melhores atiradores da atualidade, a mudança não foi vista com o melhor dos olhos.

Primeiro Jogo

Aos 12 minutos CNB comanda um avanço contra os adversários na rota do topo com um teleporte duplo com seu mid laner, porém, um bom teleporte de resposta seguido com um bom ultimate de Yang devolve o destino da luta para seu time, destaque para Rakan de Esa, que dança pelos adversários encantado-os com todo seu controle de grupo.

Partida continua e de abates isolados em diante, a vantagem da Keyd Stars permanece. Aos 23 minutos e meio de partida CNB quer seu primeiro dragão, tendo deixado já dois dragões infernais nas mãos dos inimigos, abrir mão do terceiro e último seria um desastre, porém, com a chegada de todo o time da Keyd, um verdadeiro balé ao redor do dragão com ambas as equipes esperando o momento ideal para atacar, com CNB já com o dragão com pouco vida, Revolta efetua o roubo, de forma tranquila, nada aconteceu depois do roubo, CNB recuou instantaneamente acompanhado da equipe da Keyd, que sai com 3 dragões infernais na mochila.

Com essa enorme vantagem, Keyd amacia a base da CNB pouco a pouco, para devorá-la logo em seguida. Aos 32 minutos Yang tenta uma estratégia que não sai como o planejado, e o contra ataque da CNB parece que vai dar bons frutos, porém muito brevemente, logo em seguida Esa efetua um combo lindo nos oponentes tornando “fácil” para Syndra de Takeshi seguir atordoando todos os integrantes da equipe adversária e obliterar qualquer chance de defesa que a CNB tenha para o avanço final do time da Keyd.

Aos 33 minutos, o Nexus é destruído com uma vitória para Keyd de 8 a 2 no placar de abates.

Segundo Jogo

Mudanças, a equipe da CNB acha que é melhor substituir o jogador Tinowns por Vash. Aos 15 minutos e 50 uma boa iniciação da Keyd na rota inferior causa uma boa vantagem para a equipe, causando uma vantagem da equipe, que desencadeia um efeito bola de neve que permanece até o fim do jogo.

CNB permanece recuada, apenas assistindo suas chances de voltar para a partida serem tomadas deles, parece que a troca de Tinowns não fez muita diferença na equipe. Se não fosse por Lep que destruiu a primeira torre da rota inferior, a Keyd faria a vitória perfeita. Sem ninguém do time morrer, e sem sequer um objetivo conquistado pela equipe inimiga.

Aos 38 minutos, a equipe da Keyd enterra o prego com a última luta de equipe, a martelada vem no formato de um double kill do estreante Juzinho, com sua Ashe, no barril do Gragas Revolta e nas pedras da Taliyah de Takeshi.

TeamOne vs INTZ

Primeiro Jogo

depois de colapsar na equipe da Team one aos 19 minutos, INTZ vem fazendo uma ótima partida com o placar de abates em 6 a 2, tudo indica uma vitória dos intrépidos.Aos 26 minutos, a chamada infeliz de fazer o Barão da INTZ garante o bônus para a equipe, mas a que custo, 4 jogadores tem seu destino selado dentro daquele covil fazendo a Team one passar a quantidade de abates do time inimigo! Voltando para o jogo de forma incrível!

Um minuto e meio depois um combo lindo no mid da Taliyah de Envy e do Darius de Ayel faz INTZ revitalizar as forças na partida tomando a liderança novamente este sem dúvidas foi o jogo mais disputado de todos até agora na segunda etapa do CBLOL.

Aos 33 minutos, tudo empatado, 11 abates a 11, ouro praticamente empatado, apenas 900 de diferença o jogo é tenso, quem ganhar a próxima luta pode ganhar o jogo.

Após o erro de Shini ao entrar muito cedo no covil do Barão e acabar entregando o bônus de graça para a equipe inimiga, ele repete o erro ao entrar no covil do Dragão ancião porem dá de cara com o Braum de RedBert que o impede de contestar o objetivo. Com os dois bônus em mãos, eles fecham o jogo.

Segundo Jogo

Começo de jogo morno, com as equipes tentando garantir vantagens em rotações de mapa, invés de abates, após pegar VVvert isolado na rota inferior, INTZ dispara seu contador de abates, parece uma repetição do jogo anterior, INTZ domina o jogo, garantindo vantagem de abates e objetivos.

Aos 25 minutos pegando Envy fora de posição, TeamOne faz uma luta de equipe belamente executada o que garante um bônus de Barão para eles A partir dessa vantagem, Team one faz o cerco a base da INTZ precionando os inimigos mesmo muito atrás no placar de abates, Apos lindo roubo do dragão executado pela Ahri de Brucer, TeamOne se dirige ao Barão, o que garante a destruição dos 3 inibidores da INTZ.

Após garantir o bônus do dragão ancião, Team One fecha o jogo aos 40 minutos.

Com os times novos indo tão bem contra times consagrados do já velho CBLOL, eu questiono: será que estamos vendo uma mudança no cenário competitivo brasileiro de League of Legends?  Será que esses novos talentos chegaram para tomar o holofote da nossa região?  Só o tempo dirá, e isso é muito estimulante.

Comentários

Renan de Almeida

Extrovertido e de bem com a vida, Renan, prazer, vem sempre aqui?
Amante do frio, da chuva e de uma boa série, filme, livro ou jogo para relaxar nas horas vagas. Nas atarefadas, no calor aconchegante de uma cozinha. Com o passar dos anos, jogos eletrônicos se tornaram mais que um passatempo e viraram paixão, hoje em dia, não me imagino sem eles nunca mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *