Dia do Beijo: relembre os melhores beijos do cinema

Nesta sexta-feira (13/04), é comemorado no Brasil o dia do beijo! Embora a data seja comemorada tanto no dia 13 de abril quanto no dia 6 de julho, na nossa terra é durante o mês de abril que se celebra um dos gestos mais intensos de carinho: o beijo.

Pensando na data, selecionamos os beijos mais especiais e marcantes do cinema. Se você lembrar de algum, é só deixar nos comentários.

10. “Bonequinha de Luxo” (1961)

Às vezes o amor pode demorar um pouco mais para se fazer presente entre duas pessoas. Por isso, quando Holly Golightly finalmente abre seu coração para o amor de seu vizinho Paul no clássico de Blake Edwards, é impossível não se apaixonar um pouco pelo casal quando eles finalmente trocam um apaixonado beijo.

9. “Homem-Aranha” (2002)

Sam Raimi fez história ao trazer o icônico personagem da Marvel para as telonas em 2002, em um grande sucesso de crítica e público. Uma das melhores partes do trilogia do diretor é como é inserido o romance de Peter Parker e Mary Jane na trama, entregando já no primeiro filme a cena de beijo mais inesquecível dos filmes de herói.

8. “Meu Primeiro Amor” (1991)

O primeiro beijo é uma das memórias mais marcantes quando se pensa na infância e no começo da adolescência. E ele pode ser muito especial, mesmo que não seja com teor romântico, como o primeiro beijo de Vada em “Meu Primeiro Amor”. O beijo marcou gerações com a exibição do filme na Sessão da Tarde e ainda é guardado com muito carinho (e tristeza) na memória de muitos.

7. “A Dama e o Vagabundo” (1955)

Claro que a Disney não iria ficar de fora dessa lista com um dos momentos mais marcantes de sua filmografia. O fato de ser protagonizada por dois cachorrinhos não diminui a grandeza e a beleza do momento em que Lady e Vagabundo trocam um beijo à luz de velas e a participação muito especial de um prato de spaghetti.

6. “Star Wars: O Império Contra Ataca” (1980)

Não é segredo que a primeira trilogia de Star Wars possui uma compilação de cenas marcantes para o cinema. Han Solo e Leia Organa, dois dos personagens mais queridos da saga, são protagonistas de algumas delas. Entre as preferidas dos fãs, está a cena do primeiro beijo do casal, em O Império Contra Ataca”

5. “Titanic” (1997)

“Titanic” foi, durante 12 anos, a maior bilheteria da história da sétima arte. É inegável que, apesar da pouca idade, o filme de James Cameron já é um dos maiores (senão o maior) romances de todos os tempos, elevado devido ao talento e carisma de Leonardo DiCaprio e Kate Winslet.

4. “Asas” (1927)

“Asas” foi um filme revolucionário na época de seu lançamento, contando uma história de amor entre em meio à guerra com efeitos especiais inovadores e atuações marcantes de atores como Clara Bow e Buddy Rogers. O que poucos sabem, no entanto, é que a película foi a primeira a mostrar um beijo entre duas pessoas do mesmo sexo, ainda que não romântico, lá na década de 20! O filme ganhou o primeiro Oscar de Melhor Filme em 1928.

3. “Casablanca” (1942)

Ingrid Bergman e Humphrey Bogart estrelam neste inesquecível clássico, que ganhou 3 Oscars na época de seu lançamento. Considerada a maior história de amor do cinema, a trama do reencontro entre Rick e Ilsa causa continua causando suspiros até hoje, principalmente na cena em que ele pede que ela o beije como se fosse a última vez.

2. “E o Vento Levou…” (1939)

Quando visto de uma perspectiva atual, o romance de Scarlett O’Hara e Rhett Butler pode ser bem problemático. O longo filme ainda é, porém, uma das histórias de amor mais celebradas e queridas pelo público. E pode se dizer que a química entre Clark Gable e Vivien Leigh é a grande culpada.

1. “A um Passo da Eternidade” (1953)

De Jack e Rose à Rick e Ilsa, o cinema tem uma lista infindável de romances e beijos marcantes. Porém, é inegável que o beijo na praia de Deborah Kerr e Montgomery Cliff segue sendo o beijo mais inesquecível de todos os tempos. Até quem pouco se interessa por cinema ou nunca viu o clássico de Fred Zinneman, conhece a famosa cena da praia, referenciada e parodiada inúmeras vezes na cultura pop.

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *