ENTREVISTA: Sobre o jogo The Sleans Invasion – Reloaded

Além dos grandes desenvolvimento de jogos para os próximos anos, a Split Studio investiu esse ano no primeiro game mobile (para telefones celulares). Intitulado ”The Sleans Invasion – Reloaded”, que se trata do jogo Invasão dos Sleans refeito, a obra traz algo de muito diferente para o gênero de defesa de torre. Confira o que falamos sobre com os desenvolvedores.


SA: Qual foi a maior dificuldade na realização do game?

SS: O jogo The Sleans Invasion – Reloaded foi feito em um modelo de coprodução e incubamento junto aos criadores do jogo original (Invasão dos Sleans, 2013). Nossa grande dificuldade foi trazer para 2017 diversas mecânicas, interface e jogabilidade, muita coisa foi melhorada e acertar saber o ponto certo das mudanças sem perder o conceito original foi muito difícil.

SA: É possível ver no jogo uma certa similaridade com Plants vs Zombies. Essa foi a maior inspiração ou houveram outras?

SS: Com certeza essa foi a principal inspiração para o jogo original, porém, nos primeiros minutos de jogo, já é possível entender que as semelhanças acabam na inspiração. No ótimo Plants vs Zombies temos um game de tower defence, onde o jogador deve gerenciar os recursos e plantar suas defesas – literalmente (risadas). Em The Sleans Invasion, o trabalho do jogador além gerir os recursos, também é de ação, pois ele quem deve manejar os canhões para defender seu jardim, tornando o jogo frenético e divertido.

SA: Esse é o primeiro jogo mobile da Split. Qual foi a maior diferença na criação? E na recepção do público?

SS: Como nosso modelo de trabalho foi de uma incubadora, tivemos algumas diferenças na elaboração do jogo com relação aos jogos 100% próprios. A principal diferença foi como tratamos o conteúdo, pois este é um “reloaded” de um jogo já existente, então nos esforçamos para trazer o máximo de novidades sobre sem criar algo completamente diferente do original. Esse processo foi um desafio foi muito interessante e divertido. Por enquanto a recepção tem sido muito positiva com a reviews e esperamos que se mantenham conforme os números de downloads naturalmente continuem a crescer.

SA: A proposta do The Sleans Invasion é bastante o lado da diversão e do gameplay. Vocês diriam que isso, nos dias de hoje, é mais fácil ou mais difícil de possuir um retorno, já que existe um grande foco na questão da história?

SS: Sim, a ideia por trás dos Sleans foi testar uma fórmula ainda pouco explorada pela Split, o foco no casual. Apesar de existir uma história e cut-sceanes bem desenhadas e engraçadas, o jogo foca muito na jogabilidade e a diversão dele vem principalmente dessa loucura de atirar canhão, recolher cascos e escolher o tipo certo de Wofule (munição do jogo) para o inimigo correto. Acreditamos que todos os jogos, seja com uma narrativa elaborada, como estamos acostumados a fazer, ou mais focado na ação possuem seu lugar ao sol, desde que sejam bem feitos e principalmente bem divertidos.

SA: É possível esperar o lançamento em outras plataformas? Talvez no Iphone e etc?

SS: Esta pergunta deve ser respondida com um desafio à comunidade de jogadores! Eis o desafio: Se chegarmos aos 50 mil downloads, iremos lançar o jogo para IOs e vamos incluir no jogo sugestões dos jogadores, como por exemplo tipos de Sleans diferentes, de Wofules, temáticas etc. Nosso intuito é criarmos uma comunidade ativa e nos aproximar dos principais atores no mundo de jogos, os jogadores!

SA: As produtoras de games gostam muito de referenciar um jogo no outro. Podemos esperar The Sleans Invasion em futuros trabalhos da produtora?

SS: Com certeza! Somos apaixonados por easter eggs na Split, podem procurar em nossos jogos referencias cruzadas pois elas existirão e possivelmente terão uma boa dose de humor junto.


Para adquirir o game de graça, clique aqui.

Comentários

Cláudio Gabriel

É apaixonado por cinema, séries, música, quadrinhos e qualquer elemento da cultura pop que o faça feliz. Seu maior sonho é ver o Senta Aí sendo reconhecido… e acha que isso está mais próximo do que se espera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *