RESENHA: Jantar Secreto, de Raphael Montes

“Sei que tem gente que não vai acreditar nesta história que estou contando. Foda-se.”

Jantar Secreto vai contar a história de quatro amigos do interior do Paraná e que se mudam para o Rio de Janeiro para tentar a vida na cidade grande. Todos passam na faculdade e, para sorte deles, conseguem alugar um super apartamento em Copacabana por um preço bacana. Dante cursa Administração, Leitão é um hacker e faz ciência da computação, Miguel é o certinho do grupo e cursa Medicina, Hugo faz gastronomia e tem uma vaidade acima do normal.

Cinco anos se passam na mais possível perfeita normalidade para os amigos. Se formam na faculdade e arranjam alguns empregos meia boca, exceto Leitão, que largou a faculdade e agora dedica seu tempo a ficar deitado em uma cama especial para obesos comendo e jogando vídeo game. Por causa disso os amigos se unem para dar um presente de aniversário a esse: uma garota.

A partir dai, a verdadeira história do livro se desenrola. Leitão – que ficava responsável em depositar todo o dinheiro do aluguel, que eles dividiam, para a imobiliária – acaba gastando tudo com Cora, a tal garota que os meninos pagaram para dar algum prazer para o amigo.

Quando descobrem a imensa dívida em que se meteram, os amigos tentam pensar em algum plano de emergência que possa dar o dinheiro que eles precisam. Eis que surge a ideia de se inscrever em uma aplicativo de jantares para desconhecidos, o Jantar Secreto, uma espécie de restaurante na sua própria casa.

Leitão fica responsável pelo anúncio no site. Mas inspirado por uma história que Dante contou a eles sobre o enigma da carne de gaivota, ele anuncia que irão servir carne humana no jantar.

Carne humana vicia. Isso eu deveria ter dito, mas não disse. Pelos trinta mil reais, preferi o silêncio.

Não só a carne humana que vicia, como também o dinheiro. E é a partir disso que podemos deduzir que os amigos não pararam com os jantares até eles tomarem uma proporção enorme, como chegar a realizar cerca de cinco jantares por semana!!!!

A cada página você vai sentir seu estômago embrulhar. Vai perceber como a mente humana pode ser doentia e ambiciosa em um nível absurdo. O final tem um plot twist MARAVILHOSO, daqueles que choca e você vai ficar pensando nele por dias.

Citando a nota de Zuenir Ventura na capa do livro: “Jantar Secreto fala sobre os jovens do Brasil de hoje, utilizando referencias pop e elementos narrativos ousados, como receitas, e-mails e até um capítulo no WhatsApp, tudo embalado com humor vibrante e algumas mortes, claro. É tenso, estranho e divertido. Um livro que consagra a rápida e invejável carreira de sucesso de Raphael Montes.”

Tem um minuto para ouvir a palavra de Raphael Montes?

Raphael Montes nasceu em 1990 no Rio de Janeiro. Sim, ele é novo e é brasileiro. Apesar da pouca idade no mundo literário, já publicou quatro livros de grande sucesso pela editora Companhia das Letras: Suicidas, Dias Perfeitos, O Vilarejo e Jantar Secreto, todos eles com direitos de adaptação vendidos para o cinema. Dias Perfeitos foi traduzido para 22 países e já foi escolhido como Livro do Mês na Amazon norte-americana.

Todo esse sucesso não é a toa. Raphael tem uma escrita maravilhosa e uma criatividade invejável. Todos seus livros tem uma pitada de cenas repugnantes em um nível que você não consegue largar. Não é a toa que Jantar Secreto teve um hype muito alto no mundo booktuber e todos relataram que querem ler tudo o que o Raphael lançar daqui pra frente. E eu me encaixo nesse time.

 

Compre o livro aqui.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *