“Um de nós está mentindo”: Quem é o verdadeiro culpado pela morte de Simon?

“Numa tarde de segunda-feira, cinco estudantes do colégio Bayview entram na sala de detenção: Bronwyn, a gênia, comprometida a estudar em Yale, nunca quebra as regras. Addy, a bela, a perfeita definição da princesa do baile de primavera.
Nate, o criminoso, já em liberdade condicional por tráfico de drogas.
Cooper, o atleta, astro do time de beisebol.
E Simon, o pária, criador do mais famoso app de fofocas da escola.
Só que Simon não consegue ir embora. Antes do fim da detenção, ele está morto. E, de acordo com os investigadores, a sua morte não foi acidental. Na segunda, ele morreu. Mas na terça, planejava postar fofocas bem quentes sobre os companheiros de detenção. O que faz os quatro serem suspeitos do seu assassinato. Ou são eles as vítimas perfeitas de um assassino que continua à solta?
Todo mundo tem segredos, certo? O que realmente importa é até onde você iria para proteger os seus.”

Resultado de imagem para um de nós esta mentindo

Nossos quatro protagonistas dizem ser inocentes, porém os segredos que eles escondem também podem lhe transformar em assassinos. Conforme a verdade sobre cada um é revelada, os personagens se revelam cada vez mais complexos.

Narrado em primeira pessoa, o ponto de vista é alternado entre Brownyn, Addy, Nate e Cooper. Apesar disso, as cenas não se repetem e o livro mantém uma narrativa fluida. Cabe ao leitor juntar as peças apresentadas e solucionar o mistério. Conforme as páginas avançam, somos apresentados à novas facetas e descobertas, tornando a trama muito mais interessante e bem construída. Em qualquer momento, as coisas podem e dever ser vistas de outra forma e quem diz ser inocente, de repente não parece tanto assim.

Além disso, um dos diversos temas abordados dentro da história é o bullying. Como é comum em ambientes escolares, ainda mais no norte-americano, diversos personagens são praticantes e vítimas deste comportamento, cujas causas e resultados são mostrados ao longo da narrativa. Outro fator essencial para o enredo é a vida virtual dos personagens.

Um ponto muito positivo do livro é o desenvolvimento dos personagens. As amizades e as personalidades evoluem muito com o passar do tempo e essa mudança positiva é claramente notada, pois eles percebem que as pessoas que diziam ser seus amigos não são tão companheiros assim.

“Um de nós está mentindo” é um suspense adolescente que vai fazer você ficar de boca aberta a cada descoberta e a cada pista. O livro é recomendado para os amantes de “A Garota no trem”, de Paula Hawkins.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *