“Eu sei o futuro do meu personagem na série”, diz ator de Jaqen H’ghar na GGRF

Valar Morghulis. Qualquer fã de Game of Thrones sabe o que significa essa frase e qual personagem que a fala: Jaqen H’ghar. O ator Tom Wlaschiha, seu intérprete na série, esteve no Brasil para o Geek and Game Rio Festival e falou um pouco sobre a sua experiência com a obra. Além de receber muitos – e muitos mesmo – Valar Dohaeris.

“Acredito que o personagem me fez ter várias situações muito marcantes, mas o que sempre me deixou mais triste foi nunca poder trocar de cara na vida real”, brincou o alemão.

Ele que, além da obra de George R.R. Martin, também foi um dos protagonistas do seriado Crossing Lines, pareceu mostrar que a produção de fantasia teve realmente um impacto na sua vida, em termos de estar em algo gigante, um “fenômeno”, como o próprio descreveu. Porém, o mais interessante para o homem de mil faces é estar com bons personagens em suas mãos – e poder fazer o máximo com eles:

“O que faz diferença nas produções [para outras menores] é o dinheiro. Dinheiro sempre ronda esse mercado. Mas, sendo sincero, eu não ligo muito para isso de grandes produtos ou participações grandes. O que ronda mais nos meus trabalhos e no que eu penso é na maneira de criar personagens. É o que importa para mim”, falou.

Créditos: Isabela Toscano/Beulasartes Fotografia

Entrando no assunto de Game of Thrones em si, Wlaschiha parecia muito feliz e confiante no trabalho que havia feito, mesmo sem estar presente na adaptação desde a 6ª temporada. Junto com isso, esse, do mesmo modo, comentou sobre o passado de seu personagem, no qual ele gostaria de saber, mas muito provavelmente não irá, já que apenas Martin realmente sabe mais sobre, algo que “provavelmente ele não falará”, conclui.

Como é sabido que a obra está adentrando em seu final, já que os últimos episódios chegam no próximo ano, era inevitável que as perguntas sobre o fim acontecessem. Entretanto, o ator disse saber sobre esse fato, mas que, obviamente, não poderia falar nada:

“Sim, eu sei o final da série e não, eu não posso contar ele”, contou rindo.

Ele ainda complementou, com a pergunta do site Multiverso+:

“Eu sei o futuro do meu personagem, mas não posso falar sobre isso”.

Créditos: Isabela Toscano/Beulasartes Fotografia

Se Tom estava triste com essa finalização? Claro que sim, todavia, como ele falou, uma gíria alemã definia bem todo esse sentimento.

“Como diria uma gíria alemã: ‘Todas as coisas precisam acabar’. Já tem oito temporadas até agora, acredito que é o fim ideal. Outras grandes histórias virão”.

Comentários

Cláudio Gabriel

É apaixonado por cinema, séries, música, quadrinhos e qualquer elemento da cultura pop que o faça feliz. Seu maior sonho é ver o Senta Aí sendo reconhecido... e acha que isso está mais próximo do que se espera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *