Mostra rememora em 25 filmes o cinema no ano de 1999

Iniciada com uma ideia de um dossiê especial sobre o cinema do ano de 1999 feita por dois críticos, o conceito acabou saindo do papel. Trata-se da mostra Dossiê Crítico 1999, na qual acontece durante os dias 19 de agosto a 1 de setembro na Cinemateca do MAM, no Rio de Janeiro.

Com toda a curadoria dos críticos Francisco Carbone e Wallace Andrioli, a realização antes era uma seleção de textos de filmes lançados no período (pode ser visto aqui). Entrentanto, devido a repercussão e força do tema, foi decidido a realização dessas exibições.

Dentre os longas selecionados, estão representantes do cinema americano (Clube da Luta, Magnólia, entre outros), do cinema brasileiro (Santo Forte), do japônes (Audição) e até do iraniano (O Vento Nos Levará).

Confira toda a programação completa abaixo:

19/08:
16h: De Olhos Bem Fechados, de Stanley Kubrick
19h: Beleza Americana, de Sam Mendes

20/08:
16h: Magnólia, de Paul Thomas Anderson
19h30: Tudo Sobre Minha Mãe, de Pedro Almodóvar

21/08:
16h: Fim de Caso, de Neil Jordan
18h: Santo Forte, de Eduardo Coutinho – Sessão seguida por debate com os autores do Dossiê Crítico 1999

22/08
20h: Ghost Dog, de Jim Jarmusch

23/08
16h: Clube da Luta, de David Fincher
19h: Bom Trabalho, de Claire Denis

24/08
16h: Matrix, de Lana e Lilly Wachowski
19h: eXistenZ, de David Cronenberg

25/08
15h: Meninos Não Choram, de Kimberly Peirce
17h30: Debate sobre o cinema de 1999, com Ruy Gardnier e Hernani Heffner 
19h30: As Virgens Suicidas, de Sofia Coppola

26/08
16h: O Talentoso Ripley, de Anthony Minghella
19h: O Mundo de Andy, de Milos Forman

27/08
16h: Audição, de Takashi Miike
19h: O Sexto Sentido, de M. Night Shyamalan

28/08
16h: O Informante, de Michael Mann
19h: Eleição, de Alexander Payne

30/08
16h: História Real, de David Lynch
19h: O Vento Nos Levará, de Abbas Kiarostami

31/08
16h: Rosetta, de Jean-Luc e Pierre Dardenne
18h: O Lixo e o Sonho, de Lynne Ramsay

01/09
16h: Topsy Turvy, de Mike Leigh
19h: Quero Ser John Malkovich, de Spike Jonze

Comentários

Cláudio Gabriel

É apaixonado por cinema, séries, música, quadrinhos e qualquer elemento da cultura pop que o faça feliz. Seu maior sonho é ver o Senta Aí sendo reconhecido... e acha que isso está mais próximo do que se espera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *