50 filmes relevantes com a temática LGBT+

*Por Ana Paula e Cláudio Gabriel

O cinema acabou sempre sendo uma arte para a produção. Seja pelo seu acesso caro a materiais ou a falta de investimento, as temáticas acabaram se repetindo por longos anos. Dessa forma, os grandes estúdios e produtores sempre restringiam assuntos. Diversos cineastas até tentaram trazer debates mais ‘polêmicos’ e outros assuntos, todavia sempre acabaram de lado.

Graças ao tempo – e ao debate social mais aprofundado -, minorias como LGBT’s, negros e mulheres começaram a ter mais espaço. No quesito de fazerem seus filmes, mas também de obras relacionáveis a eles. Houve, é claro, um grande benefício devido aos movimentos sociais dos anos 60 e 70. Isso catapultou as produções desses estilos, na qual transformaram-se em sucessos até comerciais. O Blaxploitation, por exemplo, surgiu nessa época.

O cinema chamado Queer ou LGBT teve certos longas realizados ao longo do tempo. Contudo (e como será possível ver nessa lista) seu grande ápice começou mesmo a partir dos anos 90. E melhorou ainda mais durante os anos 2000, especialmente a década atual. Isso demonstra a forma que essa discussão de gênero acabou adentrando no ceio social. Muitas vezes de um lado mais conflituoso, todavia presente.

Rememorando a data de hoje (dia do Orgulho LGBT), o Senta Aí resolveu realizar uma nova edição da nossa lista de 50 filmes. Indicamos aqui, então, 50 longas-metragens retratando a temática LGBT. Buscamos obras mais antigas, buscando abordagens diferenciadas sobre o tema. Desde os anos 20 até os dias atuais. Obviamente nem tudo são flores e existem aqui filmes mais problemáticos, além de outros mais tristes – reclamação constante desse público. A intenção foi colocar produções que tiveram impacto. Porém, buscamos olhar para essas letras inviabilizadas socialmente durante toda a história da arte. O objetivo dessa lista é demonstrar e dar visibilidade para essa minoria no cinema, o meio midiático amado por todos nós.


  . Michael (Mikaël), de Carl Theodor Dreyer

Drama/Romance, Alemanha, 1924. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Senhoritas de Uniforme (Mädchen in Uniform), de Géza von Radványi

Drama, Alemanha, 1958. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . O Funeral das Rosas (Bara no Sōretsu), de Toshio Matsumoto

Drama, Japão, 1969. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Não é o Homossexual Que é Perverso, Mas a Situação Que Ele Vive (Nicht der Homosexuelle ist pervers, sondern die Situation, in der er lebt), de Rosa von Praunheim

Documentário/Drama, Alemanha, 1971. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . As Lágrimas Amargas de Petra von Kant (Die bitteren Tränen der Petra von Kant), de Rainer Werner Fassbinder

Drama/Romance, Alemanha, 1972. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Eu, Tu, Ele, Ela (Je, tu, il, elle), de Chantal Akerman

Drama, França/Bélgica, 1974. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Amor Maldito (idem), de Adélia Sampaio

Drama/Romance, Brasil, 1984. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Looking for Langston (idem), de Isaac Julien

Biografia/Drama, Inglaterra, 1989. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Paris is Burning (idem), de Jennie Livingston

Documentário, Estados Unidos, 1990. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Garotos de Programa (My Own Private Idaho), de Gus Van Sant

Drama, Estados Unidos, 1991. (IDMB/Rotten Tomatoes)

  . Filadélfia (Philadelphia), de Jonathan Demme

Drama, Estados Unidos, 1993. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . A Gaiola das Loucas (The Birdcage), de Mike Nichols

Comédia, Estados Unidos, 1996. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . The Watermelon Woman (idem), de Cheryl Dunye

Comédia/Drama/Romance, Estados Unidos, 1996. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Ligadas Pelo Desejo (Bound), de Lana e Lilly Wachowski

Crime/Romance, Estados Unidos, 1996. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Felizes Juntos (Chun Gwong Cha Sit), de Kar-Wai Wong

Drama/Romance, Hong Kong, 1997. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Será Que Ele É? (In & Out), de Frank Oz

Comédia/Romance, Estados Unidos, 1997. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Nunca Fui Santa (But I’m a Cheerleader), de Jamie Babbit

Comédia/Drama, Estados Unidos, 1999. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Meninos Não Choram (Boys Don’t Cry), de Kimberly Peirce

Biografia/Drama, Estados Unidos, 1999. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Billy Elliot (idem), de Stephen Daldry

Drama/Musical, Inglaterra, 2000. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Hedwig: Sexo, Rock e Traição (Hedwig and the Angry Inch), de John Cameron Mitchell 

Comédia/Musical, Estados Unidos, 2001. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . E Sua Mãe Também (Y Tu Mama También), de Alfonso Cuáron

Drama, México, 2001. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Monster – Desejo Assassino (Monster), de Patty Jenkins

Biografia/Crime/Drama, Estados Unidos, 2003. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Má Educação (La Mala Educación), de Pedro Almodóvar

Crime/Drama, Espanha, 2004. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Livrando a Cara (Saving Face), de Alice Wu

Comédia/Drama/Romance, Estados Unidos, 2004. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Mal dos Trópicos (Sud Pralad), de Apichatpong Weerasethakul

Drama/Fantasia/Romance, Tailândia, 2004. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . O Segredo de Brokeback Mountain (Brokeback Mountain), de Ang Lee

Drama/Romance, Estados Unidos, 2005. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Transamérica (Idem), de Duncan Tucker

Drama/Aventura/Comédia, Brasil, 2005. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . XXY (Idem), de Lucía Puenzo

Drama/Romance, França, Argentina, Espanha, 2007. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Eu Matei Minha Mãe (J’ai tué ma mère), de Xavier Dolan

Drama/Romance, Canadá, 2009. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Direito de Amar (A Single Man), de Tom Ford

Drama/Romance, Estados Unidos, 2009. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Minhas Mães e Meu Pai (The Kids Are All Right), de Lisa Cholodenko

Comédia/Drama/Romance, Estados Unidos, 2010. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Tomboy (Idem), de Céline Sciamma

Drama, França, 2010. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Pariah (Idem), de Dee Rees

Drama, Estados Unidos, 2011. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . As Vantagens de Ser Invisível (The Perks of Being a Wallflower), de Stephen Chbosky

Comédia/Drama/Romance, Estados Unidos, 2012 (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Tatuagem (Idem), de Hilton Lacerda

Drama, Brasil, 2013. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Flores Raras (Idem), de Bruno Barreto

Biografia/Drama/Romance, Brasil, 2013. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Garotas (Bande de filles), de Céline Sciamma

Drama, França, 2014. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (Idem), de Daniel Ribeiro

Drama/Romance, Brasil, 2014. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Tangerina (Tangerine), de Sean Baker 

Comédia/Drama/Crime, Estados Unidos, 2015. (IMDB/ Rotten Tomatoes)

  . Amor Por Direito (Freeheld), de Peter Sollett

Biografia/Drama/Romance, Estados Unidos, 2015. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Carol (Idem), de Todd Haynes

Drama/Romance, Estados Unidos, Reino Unido, 2015. (IMDB/Roten Tomatoes)

  . Divinas Divas (Idem), de Leandra Leal

Documentário/Musical, Brasil, 2016. (IMDB)

  . Moonlight: Sob A Luz do Luar (Moonlight), de Barry Jenkins

Drama, Estados Unidos, 2016. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . A Criada (Ah-ga-ssi), de Park Chan-wook

Drama/Romance/Thriller, Coréia do Sul, 2016. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Uma Mulher Fantástica (Una mujer fantástica), de Sebastián Lelio

Drama, Chile, 2017. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Me Chame Pelo Seu Nome (Call Me by Your Name), de Luca Guadagnino

Drama/Romance, Itália, Estados Unidos, 2017. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Princess Cyd (Idem), de Stephen Cone

Drama/Romance, Estados Unidos, 2017. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . As Boas Maneiras (Idem), de Marco Dutra e Juliana Rojas

Fantasia/Horror, Brasil, 2017. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . A Favorita (The Favourite), de Yorgos Lanthimos

Biografia/Drama/História, Irlanda, Reino Unido, Estados Unidos, 2018. (IMDB/Rotten Tomatoes)

  . Elisa & Marcela (Elisa y Marcela), de Isabel Coixet

Biografia/Drama/Romance, Espanha, 2019. (IMDB/Rotten Tomatoes)

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *