Conhecendo o line-up do Rock in Rio – 28/09

O segundo dia do festival já é marcado pela entrada do rock. Isso seja entre os presentes e entre as bandas destacadas nos shows. E, talvez a palavra chave para complementar isso tudo seja equilíbrio. É provável que o line up do Palco Mundo desse dia 28 seja o mais equilibrado musicalmente de todos os dias. Porém, o mais impressionante é o fato desse ter sido o último dia a esgotar.

Apesar dessas questões, a tentativa por parte da organização de arriscar um pouco mais funciona como uma tratativa de buscar um vigor onipresente dos grupos. Nada mais rock que isso.

– Foo Fighters

A banda comandada por Dave Grohl retorna ao Rock in Rio 18 anos depois. Após a apresentação em 2001 ter sido uma das mais comentadas – durante a turnê do álbum There Is Nothing Left to Lose –, agora a expectativa fica gigantesca.

O último lançamento deles foi Concrete and Gold, na qual recebeu críticas ligeiramente positivas pela mídia americana. Esse CD ficou marcado mais pela canção “The Sky is a Neighborhood”, uma das que devem estar presentes na performance.

O grupo vive uma fase um pouco em baixa após um período de extremo sucesso durante o início dos anos 2010. Contudo, é impossível não aguardar uma gigantesca recepção por parte dos fãs de Grohl e companhia.

Quais não podem deixar de tocar? “Everlong”, “Best of You” e “Times Like These”.

– Weezer

Presentes nos ouvidos dos fãs de rock alternativo desde os anos 90, o Weezer marca sua primeira participação no Rock in Rio. Aliás, é o retorno deles ao Brasil depois de 14 anos, quando a banda esteve aqui no festival Curitiba Pop Festival em 2005.

O momento não poderia ser melhor. Desde a última passagem deles em terras tupiniquins, lançaram 9 álbuns novos. Os dois últimos saíram nesse ano, intitulados Weezer (Teal Album), contendo um cover de “Africa” do Toto, e Weezer (Black Album). Os dois não receberam cotações tão positivas na crítica mundial, todavia agradaram boa parte dos fãs. Porém, é impossível não esperar uma presença massiva das canções presentes neles durante a apresentação.

Quais não podem deixar de tocar? “Island in the Sun”, “Say It Ain’t So” e “The Good Life”.

– Tenacious D

Outro grupo que realiza sua estreia no Rock in Rio. Eles, porém, nunca também tinham se apresentado no Brasil anteriormente. A dupla de comédia rock formada por Jack Black e Kyle Gass parecia ter dado uma pausa definitiva em suas atividas, mas voltaram com força nos últimos anos, o que acarretou na vinda ao festival.

O último lançamento da dupla foi o CD Post-Apocalypto, um trabalho especial na qual serve de trilha sonora para a série animada de ambos no Youtube, intitulada Tenacious D in Post-Apocalypto.

É difícil realizar previsões antecipadas do show do Tenacious D, contudo os que estiverem presentes podem esperar ao menos diversão. E, quem sabe, até participação do companheiro frequente deles, Dave Grohl.

Quais não podem deixar de tocar? “Tribute”, “Fuck Her Gently” e “Kickapoo”.

– CPM 22 + Raimundos

Uma das diversas misturas na qual o evento gosta de fazer trazidas ao palco mundo. Quem sabe pode realmente dar certo, mas é, obviamente, algo um pouco mais arriscado, ainda mais pelo fato dos estilos de ambas muitas vezes não serem tão próximos.

Cpm 22 faz sua segunda apresentação na história do Rock in Rio. A primeira havia sido em 2015, aonde aconteceu até a gravação de um álbum ao vivo. Na época foram uma das atrações do Palco Mundo, como nesse ano. Apesar disso, se na época viviam em grande fase, agora estão um pouco mais em baixa. Suor e Sacrifício, último lançamento, não causou tanto impacto assim e o foco por parte da banda deverá ser mesmo nos hits e clássicos.

Já em relação ao Raimundos, sua fase também não é de novas divulgações. O último trabalho de estúdio deles foi com Cantigas de Garagem, de 2014. Em 2017, no entanto, lançaram um disco acústico que acabou sendo até bem elogiado. A última performance deles no Rock in Rio foi mesmo na última edição. Apesar disso, não tocaram em nenhum dos palcos principais e sim em uma miniapresentação no palco de uma patrocinadora. Aos fãs, podem esperar muitos hits.

Quais não podem deixar de tocar? Cpm 22 – “Dias Atrás”, “Um Minuto Para o Fim do Mundo” e “Regina Let’s Go”.

Raimundos – “Mulher de Fases”, “Eu quero é ver o oco” e “Me Lambe”.

Comentários

Cláudio Gabriel

É apaixonado por cinema, séries, música, quadrinhos e qualquer elemento da cultura pop que o faça feliz. Seu maior sonho é ver o Senta Aí sendo reconhecido... e acha que isso está mais próximo do que se espera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *