O excelente Dedicated de Carly Rae Jepsen

Carly Rae Jepsen tem uma carreira constante. O que todos acharam que seria uma one hit wonder, se tornou um dos maiores nomes do pop fora do eixo principal das chamadas ‘divas’. Seu talento já mostrou se apresentar muito mais que “Call Me Maybe”, lançando excelentes albúns, como o já classico EMOTION (e o SIDE B). E agora ela nos entrega mais um trabalho pop conciso e poderoso. Dedicated apenas dá continuidade a sua já incrível carreira.

O CD abre com “Julien”, um synthpop divertido e calmo, onde ela se declara para seu pretendente. Se for pra definir essa música em um momento seria a hora que você tá limpando a casa e começa a fazer a vassoura de microfone. Na verdade, essa definição pode ser aproveitada para outras ótimas músicas do álbum. A animada “Happy Not Knowing”, o feat com Electric Guest, “Feels Right” e a quieta, porém gostosa, “Righ Words Wrong Time”, também entram nesse time.

Os singles apresentados e trabalhos até agora são os que mais remetem ao trabalho usual de Carly e é possível até dizer que são os grandes destaques desse trabalho. “Party for One” é um um daqueles hinos feitos para ser cantados berrando. Com temática atual e batida cativante, ele foi um otimo single de comeback e de introdução ao Dedicated.

Lançadas depois da anteriormente citada, “No Drug Like Me” e “Now That I Found You” são excelentes. Como a primeira, ambas dão vontade de gritar ao invés de cantar. A Carly tem esse poder de fazer as músicas serem extremamente cativantes e não está diferente aqui. “No Drug Like Me” ela explora seu lado mais sensual, remetendo um pouco ao realizado por Troye Sivan com o single “Bloom”. E em “Now That I Found You”, ela é a Carly romântica de sempre, em uma música que lembra o EMOTION num geral.

“Too Much” é outro destaque do CD. Altamente identificável, fala sobre a intensidade da cantora ao se entregar no amor e na vida também. Quando ela vai para um lado mais quieto com “Real Love”, “For Sure” e “The Sound” continua muito bom. O resto do trabalho consegue manter bastante uma coesão interna bem necessária, diferente do lançado no pop recentemente. Tudo parece bem completo.

O Dedicated é, num geral, um synthpop animado, mas não tão animado quando seuns outros trabalhos. Aqui encontramos uma Carly Rae Jepsen mais forte e decidida com suas emoções, algo trabalhado diretamente nas letras. É um excelente trabalho pop da cantora, como ela sempre fez, com elementos suficiente para sabermos que são suas canções, mas com novidades o suficiente para sermos surpreendidos. É uma grande adição a discografia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *