Pioneiros do emocore, banda Mineral chega ao Brasil pela primeira vez

A banda texana Mineral, nome de destaque num dos movimentos mais importantes do hardcore nos anos 90, faz sua primeira aparição as terras brasileiras em mais de 25 anos de existência.

Desde seus retornos aos palcos com uma turnê de comemoração aos 20 anos da banda em 2014, o Mineral finalmente marcará sua presença na América do Sul com uma desculpa mais do que válida: 25 anos de carreira.

Apesar de seu hiato em 1998, os membros da banda nunca deixaram de fazer parte da cena musical. Projetos paralelos como o The Gloria Record, formada pelo vocalista Chris Simpson e o baixista Jeremy Gomez supriram o sentimento de abandono deixado pela lacuna da falta com um som mais destoante, encaixando-se em outro gênero importantíssimo de origem nos anos 90, o post-rock.

Com apenas dois álbuns de estúdio lançados, a banda pavimentou uma influência em bandas tanto veteranas quanto mais recentes. O responsável pela força que a banda conquistou nesses ultimos tempos é definitivamente parte da conta do “emo revival”, movimento cada vez mais influente nas correntes do rock alternativo que se propõe a resgatar sonoridades parecidas com o gênero que, apesar de ser muito importante para o aparecimento de coisas como o pop punk no mainstream, foi se desvirtuando de suas características marcantes, como a própria influência do rock alternativo, sua identidade simples e suburbana e seu alto senso de ter uma cena independente.

Com um repetório de músicas com mais de 20 anos de existência, o Mineral se mostra mais atual do que nunca. Para sua volta de comemoração, lançou duas músicas de presente ao público: “Aurora” e “Your Body Is The World”.

O grupo se apresenta pelo Rio de Janeiro no Teatro Kubrick em uma sexta (23/08), em São Paulo no sábado (24/09), no Jai Club, e em Curitiba no domingo (25/08), pelo 92 Graus.

Comentários

Clarissa Ferreira

Clarissa. Ou Setty. Carioca, estudante de jornalismo e aspirante a diretora. Montadora de playlists profissional, puxa saco de mulheres na arte em geral e satirista em tempo integral. Nerd pra umas coisas e punk pra outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *