Segundo volume da série de ficção-científica de Octavia E. Butler é lançado no país

A Editora Morro Branco lançou nesse último dia 29 de agosto o livro Ritos de Passagem, da autora americana já falecida Octavia E. Butler. A obra faz parte da série Xenogênese, na qual Butler discute em ficções sobre a existência alienígena. O primeiro volume foi lançado no Brasil próximo ao fim do último ano, em novembro. Com o título de Despertar, essa publicação foi extremamente elogiada e criou uma das produções de maior elogio para a americana.

Nessa sequência, começamos a trama com a personagem Lilith Iyapo dando luz a um menino saudável de nome Akin. Ele, porém, tem cinco pais: um homem e uma mulher, um Oankali macho e um fêmea, e um Ooloi agênero. Essas duas últimas raças foram as responsáveis por resgatar a humanidade de uma guerra nuclear, porém o preço pago é a união dos materiais genéticos com os humanos, alterando a todos no processo. Nesse ambiente, uma nova espécie de humano vai surginddo e emergindo através das três raças, mas há também os “puros” humanos, na qual escolhem lutar contra os outros dois. Quando esses acabam sequestrando Akin, um grande conflito acaba se deflagrando.

Capa do livro.

Nascida em 1947 e tendo morrido no ano de 2006, aos 58 anos, Octavia Butler é uma das autoras de maior renome da ficção-científica estadunidense. Dentre os principais temas abordados em toda sua literatura, estão o feminismo e a questão racial, central por ser uma mulher negra em um ambiente predominantemente branco e masculino. Dentre seus trabalhos mais famosos e reconhecidos estão Kindred (em que tem relações com A Gente Se Vê Ontem) e A Parábola do Semeador.

Ritos de Passagem conta com 368 páginas e está sendo lançado no Brasil sob o preço de capa de R$49,90. Ele já pode ser adquirido pela Amazon por aqui. Ainda não há previsão pela editora de futuros lançamentos da série.

Comentários

Cláudio Gabriel

É apaixonado por cinema, séries, música, quadrinhos e qualquer elemento da cultura pop que o faça feliz. Seu maior sonho é ver o Senta Aí sendo reconhecido... e acha que isso está mais próximo do que se espera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *